Estão abertas as inscrições para a 2ª Edição do Prêmio de Inovação em Políticas Públicas de Juventude

Por Assessoria - em 71

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) e a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer do Governo do Estado comunicam a prefeitos, secretários e/ou gestores de Juventude, dispõe de alguma iniciativa inovadora, na gestão do seu município, voltada para os jovens de 15 a 29 anos, que estão abertas as inscrições para a 2ª Edição do Prêmio de Inovação em Políticas Públicas de Juventude. As inscrições podem ser feitas até o dia 10 de setembro, por meio de preenchimento de formulário eletrônico disponível no portal do Sistema Nacional de Juventude – SINAJUVE, https://sinajuve.ibict.br/programa-premio/.

A iniciativa é promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, através da Secretaria Nacional de Juventude e foi criado em 2019 com o intuito de premiar os melhores projetos e iniciativas dos municípios brasileiros voltados para as Juventudes. Os primeiros colocados vão receber o Selo de Inovação SNJ e medalhas de reconhecimento, já os classificados entre 2º e 10º lugares receberão certificado oficial. Além disso, as iniciativas premiadas serão publicadas em periódico específico.

De acordo com o edital, podem participar deste concurso equipes de servidores públicos em atividade na esfera municipal ou distrital, que atuem na administração direta, autárquica e fundacional do município ou do Distrito Federal, bem como em empresas públicas ou sociedades de economia mista.

A segunda edição do Prêmio de Inovação em Políticas Públicas de Juventude tem como tema ‘Protagonismo Juvenil Por Meio da Inclusão Digital’. Além disso, também existem os objetivos específicos como: identificar, divulgar e difundir iniciativas bem-sucedidas de inovação na implementação de políticas públicas de juventude no âmbito das administrações públicas municipais e do Distrito Federal, valorizando o trabalho em equipe de servidores públicos compromissados com o desenvolvimento da juventude brasileira.

Também estão como objetivos a questão de impulsionar iniciativas inovadoras de políticas públicas de juventude relacionadas à Indústria 4.0, com impacto positivo na qualidade de vida da juventude brasileira; estimular o aperfeiçoamento e a disseminação dos Espaços 4.0 como ambientes de inclusão digital e promoção do protagonismo juvenil; e reconhecer iniciativas que promovam o empreendedorismo juvenil, o aprimoramento de tecnologias sociais e a acessibilidade social na perspectiva de ampliação dos direitos da juventude e garantia dos direitos humanos, em conformidade ao Estatuto da Juventude (Lei 12.852, de 5 de agosto de 2013).