Famup firma parceria com o Sebrae-PB para fortalecer ações voltadas ao desenvolvimento dos municípios

Por Múltipla - em 58

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) assinou nesta terça-feira (9) um Acordo de Cooperação Técnica com o Sebrae-PB com o objetivo de fortalecer as relações voltadas ao desenvolvimento municipal e garantir mais espaço para que as políticas institucionais tenham um melhor desdobramento junto à população.

“Essa é uma parceria importante para todos nós, principalmente para os municípios paraibanos. Vamos estreitar ainda mais essa relação entre Famup e Sebrae-PB para que as ações realizadas ganhem mais celeridade, garantindo assim soluções rápidas na mudança da vida das pessoas”, destacou George Coelho, presidente da Famup.

George reforçou que a parceria firmada consiste em fortalecer as diversas ações do Sebrae-PB voltadas para os municípios paraibanos. Com isso, a Famup passa a atuar junto as gestões municipais para que os projetos sejam executados com mais celeridade, garantindo a brevidade das ações e a garantia de resultados em prol da população.

Por outro lado, a Famup contará com a experiência do Sebrae-PB na execusão de projetos desenvolvidos junto aos municípios, como é o caso do Reciclo. O órgão poderá contribuir com o fortalecimento do projeto, que está se expandindo para diversos municípios, nas áreas de capacitação e profissionalização dos catadores de resíduos sólidos.

A assinatura do acordo contou com a presença do diretor técnico da instituição, Luiz Alberto Amorim; do gerente da Agência João Pessoa, Franco Fred; do gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae Paraíba, Luciano Holanda; da analista técnica Nelijane Ricarte; do presidente da Famup, George Coelho; do assessor jurídico da Federação, Ricardo Sérvulo; e do assessor Normando Vitorino.

Para o diretor técnico do Sebrae Paraíba, a parceria tem alto potencial para fomentar o empreendedorismo e promover a união entre os municípios nas diversas regiões do estado. “Os prefeitos têm um papel fundamental neste sentido, pois quando há união, beneficiam-se as cidades e a economia do entorno, fortalecendo o ambiente de negócios”, afirmou Luiz Alberto Amorim.

Reciclo – O projeto conta com envolvimento da sociedade: alunos do ensino fundamental e médio da rede pública e particular de ensino, profissionais das áreas da educação, saúde e também, assistência social.

A Famup atua a partir de duas ações, a primeira é constituída pela realização de um diagnóstico do perfil demográfico dos catadores de recicláveis e seus familiares, com enfoque nas questões socioeconômicas e educacionais. Traçado o perfil, será possível dimensionar aspectos de ordem quantitativa e qualitativa que servirão como base para as ações seguintes. Já na segunda etapa, será desenvolvida qualificação profissional com foco no trabalho dos catadores.