Famup participa de audiências para implantação de coleta seletiva em Monteiro e Prata

Por Múltipla - em 53

A Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) participou, nesta terça-feira (26), de audiências públicas nos municípios de Monteiro e Prata para discutir o início da coleta seletiva nas duas cidades. A atividade contou ainda com a participação do Ministério Público e ficou acordado que o processo de separação de lixo reciclável será iniciado no começo do próximo ano.

A ação faz parte do projeto ‘Fim dos Lixões’, realizado pela Famup em parceria com o MPPB e com apoio das prefeituras. O secretário-executivo da entidade municipalista, Pedro Dantas, acompanhou as audiências públicas e comemorou mais esse passo, após o fechamento dos lixões, que acarretará em ganho ambiental para esses municípios e ainda geração de emprego e renda através da comercialização de materiais recicláveis.

“Atualmente, apenas 3% do lixo produzido é reciclado. Encaminhar resíduos como plástico, metal e vidro para a reciclagem, além de assegurar renda para famílias, aumenta a vida útil dos aterros. O fim dos lixões envolve uma série de ações como a coleta seletiva e a educação ambiental”, destacou Pedro.

Em Monteiro, a audiência foi comandada pela prefeita Ana Lorena e em Prata pelo prefeito Júnior. A população compareceu e participou desse debate, se comprometendo a fazer a separação dos recicláveis. Representando o Ministério Público estavam presente o procurador Francisco Sagres e o promotor e coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias do Meio Ambiente, Raniere Dantas.

Coleta seletiva – Coleta seletiva é a coleta diferenciada de resíduos que foram previamente separados segundo a sua constituição ou composição. Os brasileiros jogam fora 76 milhões de toneladas de lixo – 30% poderiam ser reaproveitados, mas só 3% vão para a reciclagem.