Famup participa de reunião do Conselho de Saúde e debate ações para ajudar Napoleão e FAP

Por famup - em 51

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) participou, nesta terça-feira (3), da reunião do Conselho Estadual de Saúde para debater tratamento para pacientes com câncer. Durante o encontro foi discutido ações que serão realizadas para ajudar o Hospital Napoleão Laureano (João Pessoa) e o Hospital da FAP (Campina Grande). As duas entidades filantrópicas atendem pacientes oncológicos de todo o Estado e estão enfrentando problemas financeiros.

 

O presidente da Famup, George Coelho, informou que os prefeitos vêm se mobilizando para ajudar as unidades hospitalares que atendem paraibanos das mais diversas localidades. A entidade municipalista lançou a campanha ‘Ajudando quem mais ajuda’, com a finalidade dos municípios realizarem convênio para transferir mensalmente verbas para custear despesas com atendimento médico e hospitalar na especialidade de oncologia.

 

O Conselho Estadual de Saúde é órgão colegiado, deliberativo e permanente do Sistema Único de Saúde (SUS), integrante da estrutura básica da Secretaria de Saúde do Estado. Ele possibilita a participação da sociedade organizada na administração da Saúde e é composto paritariamente por 24 Conselheiros de Saúde titulares e 24 suplentes.

 

O Napoleão Laureano há 56 anos atende pessoas com câncer de toda a Paraíba e até de outros estados. O Hospital possui 140 leitos e é responsável por 94% dos atendimentos realizados pelo SUS. Em 2018, a unidade fechou o ano com saldo negativo de R$ 2.650.785,70.

 

A Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) é uma entidade Filantrópica, fundada em abril de 1965, na cidade de Campina Grande. Cerca de 30% de todo tratamento de câncer via SUS da Paraíba é realizado pela unidade, que também vem enfrentando problemas financeiros.