George destaca apoio da Famup ao Governo do Estado na realização do Programa Paraíba Primeira Infância

Por Múltipla - em 180

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), George Coelho, participou nesta segunda-feira (8), do lançamento do programa Paraíba Primeira Infância pelo governador João Azevêdo. O programa, realizado com apoio da Famup que conclamou os municípios a participarem, consiste num conjunto de ações nas áreas de Assistência Social, Educação, Saúde, Esporte e Segurança Alimentar e Nutricional para atender especialmente crianças de 0 a 6 anos de idade.

“Esse é um projeto social importante para as famílias paraibanas. É um marco no nosso estado. Temos que destacar a sensibilidade do governador João Azevêdo em promover e colocar em prática uma ação como essa que se dará em parceria com os municípios. Cuidar da primeira infância é essencial para garantirmos o futuro do nosso estado e isso é prioridade do Governo do Estado. A Famup estará sempre junto para contribuir com a realização das ações que serão promovidas pelo Programa”, destacou George.

Entre as ações destacadas está a construção de 100 creches em municípios paraibanos. De acordo com o governador, serão unidades programadas para atender de 50 e 100 crianças. Dentro dessa perspectiva, das 100 creches, 56 unidades serão para atender uma capacidade de 50 crianças e as outras 44 serão para atender 100 crianças. Os municípios a serem beneficiados deverão seguir alguns critérios.

“A finalidade é atender a mãe e a criança de forma integrada nesse processo de retorno ao novo normal. Cuidar da mãe e cuidar da criança de forma integrada é por isso que estamos lançando o programa”, afirmou o governador, revelando que todas as ações do programa somam cerca de R$ 150 milhões, sendo R$ 100,4 milhões destinado para a construção de creches em municípios paraibanos.

Devem ser contemplados os municípios com menos de 50% das crianças atendidas por creches e municípios com menor percentual de creches. A equipe do Integra PB fará entrevista com cada município interessado.

O projeto que cria o programa foi assinado em uma solenidade no Palácio da Redenção, com a presença de diversas autoridades. A proposta agora será enviada para análise da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).