Primeiro repasse do FPM de setembro terá queda de 40,9% e Famup pede cautela a gestores no último ano de mandato

Por Múltipla - em 147

Os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em setembro já começam com queda de 40,96% no primeiro decêndio, em comparação ao mesmo período de 2019 e com o ajuste pela inflação. Nesta quinta-feira (10), as prefeituras paraibanas receberão R$ 45.627.710,46 já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O valor bruto, sem o desconto é de R$ 71.293.297,59. No ano passado, os municípios paraibanos chegaram a receber R$ 118.043.382,50 em valores brutos.

Ao avaliar a nova queda nos repasses, o presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), George Coelho, alerta os gestores para os cuidados com o planejamento orçamentário e ainda com o fechamento das contas neste último ano de mandato. “Precisamos ter mais atenção ao fechamento das contas em dezembro. Estamos no último ano de mandato dos atuais gestores e precisamos deixar as contas em dia para que a próxima gestão possa dar continuidade aos trabalhos nos municípios”, disse.

George lembra ainda que, por meio de uma conquista municipalista proposta pela Famup, o FPM receberá recomposição até novembro, garantindo um nível pelo menos igual ao de 2019 no limite de até R$ 16 bilhões de verba para todos os municípios brasileiros. No entanto, neste momento de crise e esforços para enfrentamento da pandemia da Covid-19, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que é preciso cautela, uma vez que o auxílio federal – de cerca de R$ 50 bilhões no total – não cobre todo o valor esperado de queda nas receitas dos Entes locais.

A CNM informa que no acumulado do ano, a situação também é de forte decréscimo nos repasses para os municípios de todo o Brasil. A redução em 2020 – de janeiro ao primeiro decêndio de setembro – já chega a 11,59% no comparativo com o mesmo recorte do ano passado. A análise da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é feita com dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

 

 

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support