Reciclo: Famup lança projeto de coleta seletiva para 27 municípios

Por Múltipla - em 110

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) realiza na próxima segunda-feira (17), às 8h30, no Hotel Manaíra, em João Pessoa, a apresentação do projeto ‘Reciclo – Despertando os Municípios’. A ação, que aborda educação ambiental, saúde pública, valorização e capacitação dos catadores de recicláveis, foi selecionada para receber recursos do Fundo de Direitos Difusos da Paraíba (FDD/PB), do Ministério Público Estadual. Um total de 27 municípios serão beneficiados com a iniciativa.

O ‘Despertando os Municípios’ tem como objetivo principal desenvolver um trabalho junto aos catadores de recicláveis das cidades paraibanas. O presidente da Famup, George Coelho, explica que o Reciclo foi articulado após ser detectado o grau de fragilidade social que os catadores de recicláveis possuem e a necessidade de uma melhor destinação dos resíduos sólidos.

“O objetivo é fortalecer e impulsionar as atividades de inserção dos catadores no mercado de trabalho. Esse processo irá beneficiar os profissionais, mas também irá representar um salto no uso inteligente dos resíduos sólidos, tornando-os fonte de riqueza, em particular para essa parcela da população, que encontram nesta atividade, possibilidades reais de geração de renda e respeito com os bens renováveis”, explicou, George.

Participam do evento, prefeitos, secretários de Educação, Saúde, Infraestrutura e Assistência Social dos municípios que compõem o Consórcio de Gestão Publica Integrada nos Municípios do Baixo Rio Paraíba (Cogiva). Além deles, também foram convidadas outras entidades, como a Universidade Federal da Paraíba, os Ministérios Públicos Estadual e Federal, Ministério Público do Trabalho, Sebrae e outros.

Projeto – O projeto contará com envolvimento da sociedade: alunos do ensino fundamental e médio da rede pública e particular de ensino, profissionais das áreas da educação, saúde e também, assistência social.

A Famup atuará a partir de duas ações, a primeira é constituída pela realização de um diagnóstico do perfil demográfico dos catadores de recicláveis e seus familiares, com enfoque nas questões socioeconômicas e educacionais. Traçado o perfil, será possível dimensionar aspectos de ordem quantitativa e qualitativa que servirão como base para as ações seguintes. Já na segunda etapa, será desenvolvida qualificação profissional com foco no trabalho dos catadores.