Vacinação contra a gripe para gestantes começa em João Pessoa

Por G1 PB - em 190

Começou na quarta-feira (19) a campanha de vacinação contra a gripe para gestantes de João Pessoa. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. Nesta quarta também foi aberta a campanha para os profissionais que atuam em clínicas particulares, que podem ser imunizados nas Unidades de Saúde da Família (USF).

Na Paraíba, a 19ª Campanha de Vacinação contra a Influenza começou na segunda-feira (17), com prioridade para trabalhadores da rede pública de saúde. A meta é imunizar, pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários. No estado da Paraíba, 1 milhão e 70 mil pessoas se encaixam nestes grupos.

De acordo com o cronograma do Ministério da Saúde, na segunda-feira (24) começa a imunização para os demais grupos de risco, que são as crianças de seis meses até menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; povos indígenas; gestantes; puérperas e integrantes do sistema prisional.

A partir do dia 8 de maio a campanha se estende para professores, que integraram o grupo de risco este ano. Para a imunização dessa categoria, vão ser montados polos de acordo com cada distrito sanitário.

O “dia D” da campanha, em João Pessoa via acontecer no dia 13 de maio, na Praça da Independência, das 9h às 16h. Durante o dia D todas as Unidades de Saúde da Família e postos volantes espalhados pela cidade estarão vacinando todos que integram os grupos de risco e ainda não foram vacinados.

Esse ano, além do dia 13 de maio, também haverá mobilização nos dias 20 e 27 deste mês e 03 de junho para imunização dos que integram os grupos de risco e que ainda não tenham sido vacinados. Nesses dias serão seis postos abertos para imunização dos grupos de risco.

Campina grande

Em Campina Grande a vacinação, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai começar a ser ofertada nos Centros de Saúde na segunda-feira e, a partir da terça-feira (18), nas Unidades Básicas de Saúde. Serão imunizados inicialmente os trabalhadores em saúde e as gestantes, e a partir do dia 20 de abril a imunização será estendida para os outros grupos do público-alvo.

Foram encaminhadas inicialmente para Campina Grande 12 mil doses da vacina. A campanha segue até 26 de maio e no dia 13 de maio será realizado o “dia D” de vacinação em todos os Centros e Unidades Básicas de Saúde. Para receber a vacina, é importante levar o cartão de vacinação.

Prevenção

A transmissão do vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Ocorre também por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Em caso de síndrome gripal, deve-se procurar um serviço de saúde o mais rápido possível.

“A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto”, orienta a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.

Sintomas

Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Contra-indicações

A vacina é contra-indicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada ao ovo de galinha e seus derivados.

por GI PB