Audiência pública discute Lixão Zero em Nova Palmeira

Por - em 412

A prefeitura de Nova Palmeira, em parceria com a Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (FAMUP) e o Ministério Público Estadual (MPE), realizou na tarde dessa segunda-feira (25), na EMEF Iran Coelho Dantas (ICD), uma audiência pública com o tema – ‘Lixão Zero’, envolvendo gestores, catadores, professores, agentes comunitários de saúde e limpeza e a população em geral.

Entre as autoridades presentes estiveram o prefeito de Nova Palmeira, Aílton Gomes Medeiros, o promotor de justiça de Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio de João Pessoa, José Farias de Sousa Filho; o também promotor e coordenador do CAOP do Meio Ambiente, Raniery da Silva Dantas; e o presidente da Câmara de Vereadores, José de Souza Santos (DEM).

Fizeram parte ainda da mesa de honra, a secretária de Administração, Ilza Mendonça; o secretário de Agricultura, Juraílson Dantas, representando as comunidades e as associações urbana e rural e o conselho de desenvolvimento rural e sustentável; Sebastião Bezerra Júnior, representando a Escola Antônio Coelho Dantas; o representante dos catadores de materiais recicláveis, Napoleão; e Carlos Eduardo, que representou os professores, os agentes de saúde, endemias e limpeza urbana e os grupos prioritários, que serão os multiplicadores do projeto.

O espaço reservado no ICD ficou lotado, recebendo a presença de vereadores, secretários municiais, servidores públicos e alunos de todas as comunidades.

O objetivo da audiência foi tratar da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) e da adesão ao projeto doMPE e da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (FAMUP), na qual sugerem a solução para o fim dos lixões nos municípios, através da sensibilização da sociedade para coleta seletiva.

O promotor José Farias foi o palestrante. Ele realizou uma conversa de linguagem simples, pedindo o envolvimento da população com o tema, explicando como o cidadão deve proceder diante do resíduo orgânico e o reciclável, este último, devendo ser separado para doar aos catadores de materiais recicláveis.

A PNRS, traz uma nova perspectiva para a gestão e o gerenciamento dos resíduos sólidos. Ela relaciona a importância entre catadores e a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Isso é o que evidencia a essência do desenvolvimento econômico sustentável através da inclusão social e da preservação ambiental.

Reunião confirma adesão

O prefeito esteve com os promotores José Farias e Raniery da Silva, o assessor jurídico do Executivo, Wanderley Dantas, e os secretários Wagner Barros (infraestrutura), Ilza Mendonça (administração) e Camila Maciel (finanças) e, numa reunião bastante proveitosa, ficou assegurada a adesão do município de Nova Palmeira ao projeto, atendendo as demandas do MPE e concretizando os compromissos assumidos.