Municípios participam de capacitação do Mapa de Regionalização do Turismo no Estado

Por - em Imprimir 24

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), realizou, nesta terça-feira (24), no Centro de Convenções de João Pessoa, o evento Paraíba de Oportunidades, com palestras e oficinas de capacitação para a atualização dos municípios paraibanos no novo Mapa de Turismo do Estado e do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), coordenado pelo Ministério do Turismo.

Na programação do Paraíba de Oportunidades, da qual participaram gestores de turismo em diversos municípios paraibanos, foram discutidos o Plano de Desenvolvimento Econômico e Social Sustentável para os Arranjos Produtivos Locais da Paraíba (Plades) e um plano coletivo de ações para o desenvolvimento do turismo no Estado.

O secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Zenildo Oliveira, ressaltou a importância de os municípios fazerem parte do Mapa do Turismo. “É uma ação muito importante para inserir todos os municípios paraibanos no Mapa de Regionalização do Turismo, enfatizando a potencialidade de cada município”, destacou, lembrando a necessidade do cadastro para a aquisição de recursos por meio do Programa Prodetur Mais Turismo, do Governo Federal. “É necessário capacitar os municípios para que atendam a esses requisitos”, prosseguiu.

Para a coordenadora do Programa de Regionalização do Turismo, do Ministério do Turismo, Ana Carla Fernandes, a regionalização é fundamental para fortalecer a gestão descentralizada do turismo. “É uma etapa muito importante para fortalecer o turismo regional, e auxiliar na construção dessa ferramenta importantíssima para o Ministério do Turismo, que é o Programa de Regionalização do Turismo”, explicou.

Já Alessandra Lontra, gerente executiva de Desenvolvimento do Turismo no Estado e interlocutora estadual de regionalização, ressaltou a importância da capacitação para a permanência de municípios que já estão no Mapa de Regionalização. “A cada ano, ocorre o repameamento, sendo necessário o cumprimento de critérios obrigatórios para que o município permaneça no Mapa de Regionalização do Turismo”, pontuou.

Entre os critérios exigidos dos municípios para a participação no Mapa de Regionalização do Ministério do Turismo estão: ter uma secretaria de turismo, uma gerência ou coordenadoria; dotação orçamentária destinada ao setor; e ter Conselho Municipal de Turismo.

Alessandra Lontra lembra ainda que 90% dos recursos destinados pelo Governo Federal por meio de editais  para o desenvolvimento do turismo são destinados  aos municípios participantes do Mapa de Regionalização do Turismo. “Além disso, trabalhar o desenvolvimento econômico dos municípios é uma questão de políticas públicas, beneficiando a população”, comentou.

Além dos gestores de diversos municípios, participaram ainda do Paraíba de Oportunidades representantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Convention Bureau e Sebrae.