Prefeita sanciona lei que cria Dia do Orgulho LGBT e contra homofobia

Por - em 1560
A prefeita Márcia Lucena vai homologar a lei que estabelece o dia 28 de junho como Dia do Orgulho LGBT e Combate a Homofobia do Município de Conde. A data foi uma reivindicação do Movimento LGBT Irakitan de Conde que conseguiu, junto à Câmara de Vereadores, a sua aprovação através de um Projeto de Lei de Iniciativa Popular, que contou com um abaixo-assinado promovido pelo Movimento, e foi apresentado em plenário pelo vereador Fernando Araújo (PTdoB) e subscrito pelo Presidente da Casa, Ednaldo Barbosa (Naldo Cell – PT).
O evento acontecerá neste dia 28, às 9h, na Secretaria de Educação – sala da UAB, Centro de Conde. Na ocasião também será iniciado o Curso de Saúde LGBT na Atenção Básica: Porta de entrada para efetivação da equidade em Saúde com o objetivo de capacitar os/as profissionais do SUS que atuam na atenção básica para realizarem ações de promoção e prevenção, focados na população LGBT. O evento é uma parceria da prefeitura de Conde com a UFPB.
A data, instituída pela ONU, faz alusão ao episódio que ficou conhecido como Stonewall Inn, nome de um bar frequentado por grupos das comunidades lésbica, gay, bissexual, transexual e travesti (LGBT) de Nova Iorque, e que, na noite de 28 de junho de 1969, teve seus frequentadores presos pela polícia, culminando com vários dias de protestos pela cidade norte-americana. De acordo com dados da ONU, em 76 países do mundo, ter um parceiro do mesmo sexo ainda é considerado crime.